Especiais

Especial mulher: suma

imageedit_4_9221623104

É importante que comecemos a planejar e sonhar um mundo diferente. Um mundo mais justo. Um mundo de homens mais felizes e mulheres mais felizes, mais autênticos consigo mesmos. E é assim que devemos começar: precisamos criar nossas filhas de uma maneira diferente. Também precisamos criar nossos filhos de uma maneira diferente.

Nós ensinamos as garotas a se retraírem pra se tornarem menores. Nós dizemos às garotas: “Você pode ter ambição, mas não demais. Você deve buscar ser bem-sucedida, mas não tanto, senão você vai ameaçar os homens.” Nós ensinamos as meninas a se verem como concorrentes, não por empregos e conquistas – o que eu acho que seria algo bom – mas pela atenção dos homens. Nós as ensinamos que elas não podem ser dotadas de sexualidade, como os meninos são.

Feminista: pessoa que acredita na equivalência social, política e econômica dos sexos.

[Chimamanda Ngozi Adichie, em “Sejamos Todos Feministas”]


TEXTOS:

O que 50 tons de cinza tem a ver com a minha vida (e com a sua)?

5 músicas pra aprender a ser mulher

Fim do império: as mulheres do comendador

A imagem do que sou: Mulan – o filme

Especial mulher

imageedit_8_5525129955

A partir do dia 8/3, um post por dia falando delas: das pobres e ricas, das recatadas e entregues, das que merecem respeito e das que merecem respeito. No dia internacional das mulheres, dê mais que flores: dê respeito.

Respeito que não seja de ocasião, nem por conveniência. Respeito de verdade.

Sou fera, sou bicho, sou anjo e sou mulher
Sou minha mãe e minha filha,
Minha irmã, minha menina
Mas sou minha, só minha e não de quem quiser.

[1º de Julho – Renato Russo]

imageedit_14_8821339208

Festa, cores, alegria, alegria…

Tem gente que tudo o que quer é conhecer gente. Tem gente que não gosta de gente. E, pensando nelas – que são como nós dois – preparamos umas dicas, que já foram faladas aqui mesmo no blog. Se você não aguenta mais a transmissão da globo, não tem dinheiro pra viajar, não quer cair na folia… Corre aqui e olha as nossas dicas. Tem um livro lindo, músicas maravilhosas e filmes inesquecíveis.
Beijos e bom carnaval!
Eric e Neidinha

O corcunda de Notredame

O Labirinto do Fauno

Suécia, essa delícia

Pássaro Branco na Nevasca

Boyhood

Meu pé de laranja Lima

Especial VIAGEM – Suma

solo-female-travelers1

Um dia a viagem acaba e a gente volta pra vida real

Fevereiro começou e, com ele, um desafio:

vamos tornar nossa realidade mais bonita, mais prazerosa?

Que a gente encontre pausas de leveza no nosso cotidiano de trabalho e estudo, e a que a vida possa ser mais doce em 2015! Posso dar um conselho? Deixa as malas pesadas no caminho e volta pra realidade sem nada nas mãos, com a cabeça cheia de felicidade.

O batente te espera, as obrigações não faltam, mas a gente tá aqui ;] e em 2015 vamos trazer muito mais amor pro teu cotidiano. Amor em forma de literatura, cinema e música.

Enquanto isso, que tal lembrar das viagens que o blog fez em janeiro?

Perdeu alguma coisa? Não se preocupa! Eu te conto pra onde a gente foi.


DESTINOS:

Lago Walden/EUA – ano novo começou, mas como faço pra fugir da minha vida?

Itália, 1327 – o mundo é melhor porque O Nome da Rosa existe

Itália, 1327 – se um dos seus personagens favoritos pudesse falar, o que ele diria?

Espanha – meu coração se perdeu nO Labirinto do Fauno

França – a Disney e sua obra de arte, o Corcunda de Notre Dame

O mundo – música boa fora do inglês, sim existe

Cidade de Deus – um dos filmes mais bonitos que o Brasil já fez

A estrada – música pra quem vai viajar de carro

✈

Pelas ruas que andei

546f9e7d2a3d21fa285c946b_american-road-trips-for-girlfriend-getaways

Segunda semana de janeiro e cá estamos nós, prontos para embarcar em um roteiro inesquecível e emocionante. O nosso próximo especial mostrará viagens, histórias e aventuras por lugares maravilhosos, épicos ou não.

Vamos conhecer tudo sem sair do canto, mergulhando em um livro ou em um filme, ouvindo uma boa música e relaxando muito no sofá, na rede ou durante o percurso do ônibus. O portal é bem aqui, vamos logo! ;]

A propósito, ainda é tempo: feliz ano novo!

Eric e Neidinha

Especial Amor – SUMA

974456_711406225609655_733811765_n

O amor é a inveja do outro: ama-se para roubar do outro a parte que lhe falta.

[Raimundo Carrero]

O amor é quando a gente mora um no outro.

[Mário Quintana]

Amor, então,
também, acaba?
Não, que eu saiba.
O que eu sei
é que se transforma
numa matéria-prima
que a vida se encarrega
de transformar em raiva.
Ou em rima.

[Paulo Leminski]

Obrigado por acompanhar nossas postagens e por dividir com a gente a sua opinião, através dos comentários. Crescemos muito durante esse especial de uma semana! Especial, aliás, que acabou numa segunda-feira. Sim, numa segunda! Porque amor – daqueles de verdade – pode ser bom ou ruim, mas nunca previsível.

Perdeu alguma coisa? Olha aqui embaixo.


POSTS:

Versão Brasileira: Herbert Richers

Músicas dos Nossos Pais

Um Copo de Cólera, Por Favor

Onde Nasce o Eterno

Risíveis Amores

Música e Amor, em Três Fases

Pássaro Branco na Nevasca

O amor está no ar

vozinho e vozinha

A imagem não poderia ser outra: Um casal que soube amar até o fim: Ésten e Olineas… Vozinho e vozinha, pra mim.

Ah, o amor! Há quem tente definir, há quem tente expressar, mas o bom mesmo é “vivê-lo em cada vão momento”. O amor, necessariamente, traz felicidade? Como já dizia o apóstolo Paulo, “É sofredor”. Eu gosto de dizer que o amor está em todos os lugares e funciona como uma rede de compartilhamento. Basta que as luzes da cidade se apaguem e você já se treme todo e pega na mão do seu amor pra não correr perigo. Se um ficar nervoso, o outro fica também. Se um chorar, o outro chora junto. Se um correr, o outro não fica atrás.

Amor foi o que fez Romeu e Julieta viverem juntos para sempre – digo viver, porque é esse o sentimento que nos traz vida. O amor levou Bentinho à loucura e a falta dele fez a madrasta má envenenar a maçã.

O amor é o maestro que rege as nossas histórias e comanda os nossos sonhos, mesmo que escondidos. Se o amor não estiver presente, não tem audiência suficiente. Ele está em tudo: No sorriso, na lágrima, na euforia e na fúria.

A partir da próxima segunda, vamos falar, aqui no Escrevo Apenas, só sobre amor! Amor na música, na literatura, no cinema… Em tudo! Você não pode perder, porque amar – sendo bom ou ruim – é inevitável.

Enquanto a segunda não chega, a gente se diverte com esta playlist. só com música brasileira. E, convenhamos, nós amamos como ninguém! Bom fim de semana e vamos celebrar o amor neste lindo dia 21!

Neide Andrade – Neidinha, pra quem amo (;

Leia maisVersão Brasileira: Herbert Richers

Especial Graciliano Ramos – suma

gra

“Comovo-me em excesso, por natureza e por ofício. Acho medonho alguém viver sem paixões.”

[Graciliano Ramos – Memórias do Cárcere]

 

Obrigado por acompanhar a gente durante essa semana!

Muitos outros especiais virão.

Nos aguardem!


 

POSTS:

Vidas Secas (livro)

Infância | Angústia

Vidas Secas (filme)

Perfil: Luís da Silva

 

Especial Graciliano Ramos

gracilianofoto

27 de Outubro.

Dia em que nasceu Graciliano Ramos.

Eu sei, você leu Vidas Secas pro vestibular e nem gostou de verdade. Certo?

Momento confissão: a gente também conhecia muito pouco de Graça, e nem gostava tanto assim dele – que, aliás, é considerado um dos maiores escritores do Brasil.

Isso mudou.

A gente leu Vidas Secas depois de adulto, viu o filme, leu Infância, Angústia, comprou São Bernardo, encomendou Memórias do Cárcere e pretende ler qualquer linha desse homem que aparecer pela frente. Mudou a nossa percepção das coisas que ele escreve. Parece que a obra de Graciliano tem um encanto maior quando você é adulto e descobre que o mundo pode ser um lugar mesquinho, e meio cruel.

Outubro de 2014.

122 anos depois do nascimento desse menino quieto, lá em Alagoas.

A gente quer comemorar a vida dele. Dividir com vocês uma impressão mais subjetiva – emocional mesmo – desse escritor sensível, que as salas de cursinho pré-ENEM costumam descaracterizar. Graciliano é mais que uma lista de características e umas poucas páginas de resumo de obra. Ele toca a alma da gente, arranca gentilmente lágrimas dos nossos olhos e acima de tudo: se mostra de peito aberto, pra que a gente o conheça. Sem pedir a nossa pena, nem a nossa simpatia.

Nesse especial prometemos posts emocionados sobre os livros que já lemos e sugestões de filmes sobre as obras.

Feliz dia vinte e sete!

E obrigado pela aprovação, Graciliano.

Eric

Assinatura de Graciliano Ramos

Leia mais: Cinco Vidas Secas